Página 2 de 2

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:04 pm
por Bruno Oliveira
Mas então é a hipótese b)? :roll:

Daquelas 3 foi a que me pareceu mais adequada :roll:

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:04 pm
por Dynamis
Temos de ir já avisar o Cristiano Ronaldo sobre este efeito. Pode ser que ele vá tirar um curso de Eng.ª Aeronáutica e passe a ser o "Ronaldo Voador". Se ele até corre já mais do que um Bugatti de 1000 cavalos, também será capaz de voar qualquer dia... com o "Efeito Magnus". :lol:

http://www.youtube.com/watch?v=6L148D_E3Jo

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:08 pm
por Bruno Oliveira
Obviamente que ele não corre mais que um Buggati Veyron, mas ainda assim é um excelente corredor :lol:

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:14 pm
por Dynamis
É um grande artista, não há dúvidas, e até já considerado o melhor jogador do Mundo. Não percebo muito de futebol mas dá para ver que mau não é :lol: E corre e chuta muito bem, com ou sem "Efeito Magnus". Só é pena que no Europeu não tivesse sido o suficiente para chegarmos ao fim. Faltou-nos, talvez o "efeito homeostasia". O Mourinho é perito nisso (no aproveitamento do melhor que há na equipa, num contexto de grupo em harmonia e em equilíbrio dinâmico)...

Sim, por vezes nos meandros do futebol também se encontram capítulos curiosos de Física pura! :wink:

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:23 pm
por Bruno Oliveira
Tens toda a razão Pedro, é mesmo.

Divagando agora um pouco para o futebol, acho que ele é bom jogador, mas não o melhor do Mundo, senão tínhamos ganho o Euro :? . Eu diria que ele atingiu o melhor dele nesta época agora não será nunca tão bom, como já foi... :roll:

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:33 pm
por sagardipak
Bruno Oliveira Escreveu:Tens toda a razão Pedro, é mesmo.

Divagando agora um pouco para o futebol, acho que ele é bom jogador, mas não o melhor do Mundo, senão tínhamos ganho o Euro :? . Eu diria que ele atingiu o melhor dele nesta época agora não será nunca tão bom, como já foi... :roll:


Não concordo... Especialmente porque estavam 11 pessoas do nosso lado em campo... Mesmo que uma fosse a melhor pessoa de sempre, não quer dizer que ganhemos. O trabalho de equipa é sem dúvida muito importante.

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:34 pm
por Bruno Oliveira
Obviamente e concordo com isso, só que se fosse bom (nao se agarasse tanto á bola para começar) ele conseguiria dinamizar a equipa e ele não o fez de todo, nós precisavamos era de mais 10 João Moutinhos lá :lol:

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:35 pm
por Dynamis
Deixa-me acrescentar outra coisa, Bruno.

Ao contrário das máquinas, o ser-humano "Cristiano Ronaldo" não consegue dar sempre o seu melhor, é muito instável. Como ele ainda é novito, temos esperanças que nos consiga ainda ajudar mais...

Por vezes os melhores são os mais constantes, ainda que possam pontualmente perder para aqueles inconstantes que conseguem dar ainda um pouco mais do seu melhor num determinado momento de forma isolada. Mas o trabalho de equipa em harmonia é crucial no futebol moderno. Além do mais, não se ganha um jogo necessariamente só com avançados ou pontas-de-lança...

Pelo pouco que tenho assistido no futebol, em campeonatos internacionais temos tido excelentes jogadores, individualmente, mas a equipa tem falhado como um todo. É como na savana africana: se as leoas não funcionarem bem em equipa, as hipóteses de terem sucesso nas emboscadas aos búfalos de 1 tonelada são muito limitadas... (às vezes lá aparece um leão ensonado a ajudar à matança, capaz de o fazer individualmente, um "Cristiano Ronaldo", eheheh) Por vezes o mais difícil é manter o equilíbrio dinâmico...

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:36 pm
por Bruno Oliveira
Pois talvez :roll: e a ideia que me dá é que ele nos momentos mais importantes aka Mundial e Euro falha um pouco comparativamente ao desempenho que demonstra na Premier League imho... :roll:, e isto sem contar com o excesso de mediatismo que faz questão de ser alvo, ao andar agarrado á Nereida com os calções enrolados :lol: :lol:

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:53 pm
por Dynamis
Por acaso, o meu primeiro Pressuposto está mal colocado. Eu deveria ter dito antes que o ângulo inicial da trajectória até à barreira é que é sempre o ideal. O ângulo do pé com a bola, no momento do chuto, é muito importante definir bem, devendo o movimento do embate ser mais tangencial, para cima. Penso que era isto que o Ivo quis dizer. Acho que me exprimi mal. O objectivo é dar rotação à bola no sentido descrito.

O nome "Efeito Magnus" vem de Heinrich Gustav Magnus, um físico do séc. XIX. Na Wikipedia até vem alguma informação:

http://en.wikipedia.org/wiki/Heinrich_Magnus

MensagemEnviado: Sábado Jul 26, 2008 11:57 pm
por Bruno Oliveira
Pois de facto são coisas bastante diferentes, só que deu para perceber a ideia e fazer uma análise ao problema que se encaminhou para a solução :wink: