Velocidade da luz

Expõe aqui as tuas questões e dúvidas sobre assuntos de Física.

Mensagempor kanixe em Quarta Maio 28, 2008 8:06 pm

Bruno Oliveira Escreveu:Mas se o r2 está em movimento então como o consideras fixo? :roll:


r2 esta em movimento em relação a r1. Mas se me apetecer, uma vez que não ha movimento absoluto, posso dizer k r2 esta em repouso e r1 esta a andar com velocidade v ,certO?

por exemplo posso dizer que o autocarro se move a 60 km/h em relação a tera, ou a terra se move 60 km/h em relação ao autocarro, certo? :shock:
Quando colocas uma carga numa campo eléctrico ela sofre uma força? lol. deve ser deve. o que tu queres sei eu pah!
Avatar do utilizador
kanixe
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 141
Registado: Segunda Jul 16, 2007 10:20 pm

Mensagempor Bruno Oliveira em Quarta Maio 28, 2008 8:08 pm

Não tenho a certeza :?
última vez editado por Bruno Oliveira s Quarta Maio 28, 2008 8:41 pm, editado 1 vez no total
e^{ix}=cos x + i\,sin x
Avatar do utilizador
Bruno Oliveira
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1553
Registado: Quarta Nov 14, 2007 10:19 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor kanixe em Quarta Maio 28, 2008 8:09 pm

any help, please lol

to praqu ia fazer o powerpoint :roll: :roll: :roll:
Quando colocas uma carga numa campo eléctrico ela sofre uma força? lol. deve ser deve. o que tu queres sei eu pah!
Avatar do utilizador
kanixe
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 141
Registado: Segunda Jul 16, 2007 10:20 pm

Mensagempor Bruno Oliveira em Quarta Maio 28, 2008 8:14 pm

Será que mais alguém que tenha acompanhado o tópico pode dar uma ajuda? :roll:
e^{ix}=cos x + i\,sin x
Avatar do utilizador
Bruno Oliveira
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1553
Registado: Quarta Nov 14, 2007 10:19 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor jap em Quarta Maio 28, 2008 8:30 pm

kanixe Escreveu:
Bruno Oliveira Escreveu:Deu para perceber? :roll:


yah, obrigado. To a fazer sobre relatividade restrita, tens mais alguma coisa interessante? Essa questao do electromagnetismo não tem mais a ver com "relatividade no geral" ?


Não, o electromagnetismo tem tudo a ver com relatividade restrita! A sério, as equações do electromagnetismo são, intrinsecamente, relativistas, o mesmo já não se passa com as equações da mecânica de Newton. Ou seja, segundo Einstein, Maxwell (Faraday, Gauss, etc), ou seja o Electromagnetismo estava certinho, a mecânica teve de "levar uma volta", o que significa, sacrificar as noções de espaço e tempo absolutos.
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor Bruno Oliveira em Quarta Maio 28, 2008 8:33 pm

Já corrigi o meu post antigo... :oops: o prof. já leu a minha explicação? O que achou? Ela foi vista num livro... :roll:
e^{ix}=cos x + i\,sin x
Avatar do utilizador
Bruno Oliveira
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1553
Registado: Quarta Nov 14, 2007 10:19 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor kanixe em Quarta Maio 28, 2008 8:38 pm

jap Escreveu:
kanixe Escreveu:
Bruno Oliveira Escreveu:Deu para perceber? :roll:


yah, obrigado. To a fazer sobre relatividade restrita, tens mais alguma coisa interessante? Essa questao do electromagnetismo não tem mais a ver com "relatividade no geral" ?


Não, o electromagnetismo tem tudo a ver com relatividade restrita! A sério, as equações do electromagnetismo são, intrinsecamente, relativistas, o mesmo já não se passa com as equações da mecânica de Newton. Ou seja, segundo Einstein, Maxwell (Faraday, Gauss, etc), ou seja o Electromagnetismo estava certinho, a mecânica teve de "levar uma volta", o que significa, sacrificar as noções de espaço e tempo absolutos.


obrigado 8) podia agora ver a minha outra duvida?

imaginemos dois referenciais: r1 e r2. o r2 esta em movimento em relação a r1 com uma velocidade v. r1 esta em "repouso"

o tempo medido em r1 vale (1/raiz de 1-v2/c2 ).tr2


mas se considerar que o referencial fixo é r2, então agora r1 esta com velocidade v, certo? portanto o tempo medido em r2 agora já vale (1/raiz de 1-v2/c2 ).tr1, certo?
Quando colocas uma carga numa campo eléctrico ela sofre uma força? lol. deve ser deve. o que tu queres sei eu pah!
Avatar do utilizador
kanixe
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 141
Registado: Segunda Jul 16, 2007 10:20 pm

Mensagempor Bruno Oliveira em Quarta Maio 28, 2008 8:41 pm

Eu já não digo mais nada, já me enganei anteriormente :P
e^{ix}=cos x + i\,sin x
Avatar do utilizador
Bruno Oliveira
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1553
Registado: Quarta Nov 14, 2007 10:19 pm
Localização: Lisboa

Mensagempor kanixe em Quarta Maio 28, 2008 9:06 pm

pralem de me esclarecerem a duvida, podem-me dar varios exemplos da aplicação da relatividade restrita?

trocas de sinais entre naves etc
gps (certo?)

mais?
Quando colocas uma carga numa campo eléctrico ela sofre uma força? lol. deve ser deve. o que tu queres sei eu pah!
Avatar do utilizador
kanixe
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 141
Registado: Segunda Jul 16, 2007 10:20 pm

Mensagempor Jtiago em Quinta Maio 29, 2008 10:16 pm

Tens que definir os acontecimentos/eventos entre os quais queres medir o intervalo de tempo.

Se esses acontecimentos têm lugar no mesmo sítio de um referencial (só falamos aqui de referenciais de inércia), o intervalo de tempo medido é o chamado intervalo de tempo próprio, \Delta t_0 (o menor tempo que se pode medir).

Se esses acontecimentos têm lugar em posições diferentes de um referencial, tens que aplicar a fórmula relativista \Delta t = \frac{\Delta t_0}{\sqrt{1-\frac{v^2}{c^2}}} (ou \Delta t = \Delta t_0 \gamma) e usar a velocidade medida nesse referencial.

No exemplo dado:
kanixe Escreveu:imaginemos dois referenciais: r1 e r2. o r2 esta em movimento em relação a r1 com uma velocidade v. r1 esta em "repouso"
o tempo medido em r1 vale (1/raiz de 1-v2/c2 ).tr2

O intervalo tempo medido em r_1 só terá este valor se \Delta t_{r2} = \Delta t_0 se assim for, quando medirmos o intervalo de tempo em r_2, não precisamos de pensar no referencial 1. O intervalo de tempo é, como se disse, o próprio.

Se o intervalo de tempo próprio não puder ser medido directamente nem em r_1 nem em r_2, o intervalo de tempo medido em r_1é:
\Delta t_{r1} = \frac{\Delta t_0}{\sqrt{1-\frac{(v_{medida\:em\:r_1})^2}{c^2}}}

e em r_2:
\Delta t_{r2} = \frac{\Delta t_0}{\sqrt{1-\frac{(v_{medida\:em\:r_2})^2}{c^2}}}


Falando de relatividade restrita, temos o curioso exemplo dos muões, partículas que se formam a grandes altitudes e caem na Terra com velocidades próximas da da luz: no seu referencial têm um tempo de vida muito curto, mas se no referencial da Terra apenas tivessem esse tempo de vida, não chegariam a atingir a superfície terrestre. Eles atingem-na, efectivamente. Na "viagem" dos muões tem que se ter em conta a dilatação do tempo (e a contracção do espaço).
Avatar do utilizador
Jtiago
gluão
gluão
 
Mensagens: 10
Registado: Domingo Fev 03, 2008 12:54 am
Localização: Leiria

Mensagempor jap em Quinta Maio 29, 2008 10:30 pm

Tiago,

De facto, é muito importante compreender a noção de tempo próprio - como bem dizes definido com acontecimentos que ocorrem no mesmo sítio, medido com um só relógio! :D

Compreendendo bem esta noção, podemos evitar parodoxos como o aqui apresentado...da aparente contradição da aplicação da expressão da dilatação do tempo numa situação de troca de referenciais... :wink:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor Jtiago em Quinta Maio 29, 2008 10:56 pm

Exacto, esqueci-me desse pormenor dos relógios :P Todos os outros tempos precisarão de dois relógios para ser medidos.
Avatar do utilizador
Jtiago
gluão
gluão
 
Mensagens: 10
Registado: Domingo Fev 03, 2008 12:54 am
Localização: Leiria

Mensagempor kanixe em Sexta Maio 30, 2008 8:50 pm

jtiago, obrigado pela explicação e pelo exemplo

desculpem a pergunta mas...o que é, exactamente um acontecimento?
Quando colocas uma carga numa campo eléctrico ela sofre uma força? lol. deve ser deve. o que tu queres sei eu pah!
Avatar do utilizador
kanixe
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 141
Registado: Segunda Jul 16, 2007 10:20 pm

Mensagempor Jtiago em Sexta Maio 30, 2008 9:22 pm

Quando medes o \Delta t estás a medir o tempo que passa entre dois acontecimentos diferentes, num dado referencial. Um exemplo de um acontecimento seria a passagem de um comboio pela estação A e outro acontecimento diferente seria a sua passagem pela estação B.

O intervalo de tempo próprio será medido no referencial onde as passagens do comboio pelas duas estações (i.e. os dois acontecimentos) ocorrem no mesmo sítio: é o referencial do comboio. O tempo é medido por um passageiro, com um único relógio.

Num referencial ligado a uma das estações, o acontecimento "passagem por A" ocorre num sítio/posição diferente do acontecimento "passagem por B". O intervalo de tempo é medido por duas pessoas/dois relógios: um(a) em A e outro(a) em B, estando os relógios sincronizados.

(Não esquecendo que, para haver dilatação temporal significativa, o comboio precisa de viajar a velocidade próxima da da luz :P)
Avatar do utilizador
Jtiago
gluão
gluão
 
Mensagens: 10
Registado: Domingo Fev 03, 2008 12:54 am
Localização: Leiria

Mensagempor kanixe em Sexta Maio 30, 2008 10:41 pm

eu penso assim: pelo facto de um referencial se mover com velocidade em relação ao outro, uma vez que a velocidade da luz tem que ser a mesma para todos os referenciais, o tempo no referencial em movimento tem que sofrer alteração em relação ao tempo do referencial parado porque as distancias sofrem alterações, certo?

Quando se mede um intervalo de tempo no referencial em movimento, este tempo significará portanto outro intervalo de tempo no referencial em repouso (1/raiz de 1- v2/c2)*(t r em movimento).

foi isto que apanhei até agora, ta certo?
última vez editado por kanixe s Sexta Maio 30, 2008 10:52 pm, editado 1 vez no total
Quando colocas uma carga numa campo eléctrico ela sofre uma força? lol. deve ser deve. o que tu queres sei eu pah!
Avatar do utilizador
kanixe
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 141
Registado: Segunda Jul 16, 2007 10:20 pm

AnteriorPróximo

Voltar para Questões sobre Física

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron