Página 2 de 2

Re: Python e a Memória (RAM)

MensagemEnviado: Sexta Jul 22, 2011 2:09 am
por Ivo_Timóteo
Antes de mais olá a todos! Peço desculpa pela minha ausência prolongada :)

Creio que, do que conheço do PE, o objectivo é mesmo encontrar a solução inteligente o que involve, diria quase sempre, matemática.

Agora que revisitei a página vi que tinha resolvido 50, nunca pensei que tivessem sido tantos. A verdade é que se quiseres evoluir em termos de algoritmia o PE é bastante limitado dado que apenas apresenta um tipo de problemas (aconselho SPOJ, USACO ou UVA para outro tipo de problemas). No entanto, para começar a brincar com Python, acho que é um bom recurso. Eu próprio resolvi todos os problemas no PE com Python :)

O meu conselho para quem começa a programar é não se preocupar com código. O código é apenas mais uma linguagem. Parece-me óbvio que é mais interessante preocuparmo-nos em saber resolver melhor um problema físico do que nos preocuparmos em saber explicar a solução muito bem em mandarim. Para além de que dúvidas de código são fáceis de se resolver... A arte está na resolução dos problemas ;)

Abraço a todos!

Re: Python e a Memória (RAM)

MensagemEnviado: Sexta Jul 22, 2011 12:11 pm
por Bruno Oliveira
E, dito isto, o problema resolve-se trivialmente até à mão, pois encontrar o menor múltiplo dos números 1 até 20, é o equivalente a garantir que na representação desse tal menor múltiplo desconhecido não aparecem mais factores primos que os estritamente necessários. :)

Assim, basta ver a factorização em primos dos números 1 até 20, retirar os que têm a maior potência em cada representação e multiplicá-los todos.