Página 1 de 2

Um clip, um tubo de cartão, um alfinete...

MensagemEnviado: Quarta Out 31, 2007 7:01 pm
por jap
...uma lâmina de barbear, uns pregos, fio eléctrico, um lápis e uns auscultadores.

Acham que conseguem construir um receptor de rádio com este material? :roll:

MensagemEnviado: Quarta Out 31, 2007 7:25 pm
por MiguelReisOrcinha
isso não é um radio de trincheira da 2ª guerra mundial?

não falta aí um lapis de grafite? a lâmina tem que ser daquelas que são super aquecidas para serem mais resistentes que até são azuis acho eu...

MensagemEnviado: Quarta Out 31, 2007 8:30 pm
por RicardoCampos
Receptor de radio com isso?? :shock:

É possivel tal coisa?? :omg:

MensagemEnviado: Quarta Out 31, 2007 9:06 pm
por manuelmarque
E como é que se cria o condensador e a indutância necessários para sintonizar a estação de rádio? O clip ainda posso pensar como indutância, mas e o dieléctrico do condensador? Usamos o ar? :roll:

(posso estar a dizer uma grande asneira, e até nem ter nada que ver com isto...)

MensagemEnviado: Quarta Out 31, 2007 9:51 pm
por jap
MiguelReisOrcinha Escreveu:isso não é um radio de trincheira da 2ª guerra mundial?

não falta aí um lapis de grafite? a lâmina tem que ser daquelas que são super aquecidas para serem mais resistentes que até são azuis acho eu...


Isso, mesmo Miguel! :hands:

E é claro que falta o lápis, desculpa! :oops:

Como descobriste? Já construíste um rádio de trincheira? :D

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 2:37 pm
por MiguelReisOrcinha
yup... ja ta é todo desmontado outra vez... mas é giro... e funciona!!!

eu vi um video que explicava... não quis acreditar tao fiz um e ouvia-se a radio... baixinho... mas percebia-se...

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 2:54 pm
por jap
Como vêm, pelo testemunho do Miguel, funciona mesmo!

Incrível, né? :shock:

Irei postar mais logo instruções detalhadas sobre como construir um rádio de trincheira, bem como contar-vos a incrível história destes rádios de "sucata"!

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 3:12 pm
por jap
manuelmarque Escreveu:E como é que se cria o condensador e a indutância necessários para sintonizar a estação de rádio? O clip ainda posso pensar como indutância, mas e o dieléctrico do condensador? Usamos o ar? :roll:

(posso estar a dizer uma grande asneira, e até nem ter nada que ver com isto...)


A indutância fazendo uma bobina com o fio eléctrico, o condensador...bom podemos improvisá-lo de várias formas, mas também podemos, numa primeira aproximação, passar sem ele - usaremos apenas a capacidade "residual" do circuito; o nosso rádio não terá, por isso, grande capacidade de descrimar estações de rádio, ouviremos a mais "forte" na zona. Mas também não é difícil melhorar o nosso circuito de sintonia básico...logo verás como! :D

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 3:54 pm
por MiguelReisOrcinha
o lapis de grafite funciona como resistência não e? tem é que ser um pequenino acho eu... senão caput... nao se ouve nada

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 6:42 pm
por jap
MiguelReisOrcinha Escreveu:o lapis de grafite funciona como resistência não e? tem é que ser um pequenino acho eu... senão caput... nao se ouve nada


O "truque" está todo na junção (ponto de contacto) entre a lâmina de barbear oxidada e o lápis de grafite - esta junção funciona como um díodo, que tem a função de desmodulador (explicarei isto tudo mais adiante). :D

Aqui vai, para já, a lista completa de material para construirem o vosso rádio de trincheira:

Imagem

E já agora sabem porque se chamam estes rádios "rádios de trincheira"? Porque eram usados pelos soldados, em particular os prisioneiros aliados capturados pelos alemães na 2ª guerra mundial, para criarem rádios clandestinos para sintonizar a BBC, a partir de "garbage" que encontravam nas prisões e nos campos de concentração! :shock:

Há testemunhos impressionantes de alguns oficiais britânicos que descrevem todos os malabarismos e artimanhas de que tiveram de se socorrer para construírem um rádio! Esta gente ainda sabia como funcionava a tecnologia que tinha à sua disposição! Quantos engenheiros hoje seriam capazes de sobreviver numa ilha deserta, como a personagem principal de "A ilha misteriosa" de Júlio Verne (leram?)? :roll:

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 6:53 pm
por jap
É assim:

Imagem


Imagem

Que tal? :D

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 7:16 pm
por jap
Instruções detalhadas aqui:

Instruções detalhadas em pdf

Como fazer, em vídeo

E um a funcionar

Vejam também

http://bizarrelabs.com/foxhole.htm

E basta procurar no google "foxhole radio"...

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 7:16 pm
por MiguelReisOrcinha
como ground eu usei um aquecedor ligado à terra :D

eu só nunca percebi uma coisa... vou parecer muito estupido a perguntar isto mas... o que é o ground?

eu já desmontei no meu quarto tudo o que se possa ter em casa, acho que não falta nada, e sempre reparei que todos os aparelhos que tinham uma armação de metal tinham essa armação ligada à terra... mas o que é a terra? eu sempre supus que fosse para descarregar a electricidade estática... eu no 9º nao dei nada sobre electricidade, não houve tempo... eu aprendi tudo o que sei a fazer rebentar condensadores (um daqueles cilíndricos deitou um gás de repente e ficou muito quente :shock: foi giro :D cheirava a peixe podre... abri logo todas as janelas da casa :D), rebentar lampadas, mandar o quadro abaixo, etc. sou um autodidacta (e auto queimado também... já apanhei cada esticão... lembro-me duma vez que consegui mandar o quadro do prédio abaixo :shock: não me perguntem é como)

o que sei não tem nenhuma (ou quase nenhuma) base teórica, é tudo empírico... o material que tinha poupado se tivesse bases :( ... mas assim também perdia a piada toda brincar com electricidade :D

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 7:38 pm
por manuelmarque
O ground (terra) é a parte do circuito com potencial zero - supostamente toda a corrente flui para lá.

É por isso que um circuito com terra é menos propício a problemas - se houver um curto-circuito, ou uma sobrecarga, vai tudo para a terra e não há problema.

Aliás, quando levas "um esticão", tal deve-se a tu seres um elemento condutor, que está a ligar à terra (com potencial zero, portanto).

Acho que é isso... :roll:

Já agora, o rádio está muito interessante! Nunca pensei que fosse possível criar um rádio a partir de material tão pouco específico. :)

MensagemEnviado: Quinta Nov 01, 2007 7:45 pm
por MiguelReisOrcinha
isso de potencial zero não me esclareceu muito :? quanto a potência a única coisa que sei é a lei de Joule e nem tenho a certeza se é a lei de joule, P=UI:oops:

uma invenção surge sempre como uma maneira de satisfazer uma necessidade... naqueles campos de concentração já nem deus servia para os manter agarrados à vida... ver pessoas desmembradas e jovens mais novos que nós ali mortos no chão... eram tempos terríveis... qualquer notícia, qualquer indício de que a casa deles ainda estava intacta era a uníca razão pela qual continuavam a lutar... para acabar o serviço militar obrigatório... os que tavam lá pela pátria eram os primeiros a levar com um morteiro em cima... os outros aninhavam-se nas trincheiras à espera que os aviões fizessem o trabalho (não os censuro!) as linhas no Nordeste da Alemanha tiveram imenso tempo paradas à espera dos tanques russos para atacar... um pouco de história nunca fez mal a ninguém :D