Página 1 de 1

Estabilidade hidrodinâmica

MensagemEnviado: Sexta Nov 27, 2009 11:39 am
por hexphreak
Consideremos uma bola de fluido em rotação, cuja coesão se deve exclusivamente à atracção gravitacional mútua (por exemplo, uma estrela aproximada por uma bola de gás). Se dermos um pequeno "pontapé" à bola (não tentem isto com uma estrela), ela mantém-se intacta ou desfaz-se? :roll:


P.S.: Problema retirado de um livro fascinante sobre a Hipótese de Riemann e as suas implicações na Matemática e na Física: Marcus du SAUTOY, The Music of the Primes. Podem ir ver, não tem a solução :P

Re: Estabilidade hidrodinâmica

MensagemEnviado: Sexta Nov 27, 2009 9:17 pm
por jap
hexphreak Escreveu: Se dermos um pequeno "pontapé" à bola (não tentem isto com uma estrela), ela mantém-se intacta ou desfaz-se? :roll:
(...)


Uma football star passou a ter para mim outro significado! :P

Re: Estabilidade hidrodinâmica

MensagemEnviado: Sábado Out 23, 2010 12:07 am
por rigillescherrer
quando você dá o pontapé, o seu pé atravessa a bola toda ou só encosta?

Re: Estabilidade hidrodinâmica

MensagemEnviado: Sábado Out 23, 2010 11:59 am
por hexphreak
rigillescherrer Escreveu:quando você dá o pontapé, o seu pé atravessa a bola toda ou só encosta?

Só encosta, ou seja, só há transferência de momento :)

Re: Estabilidade hidrodinâmica

MensagemEnviado: Sexta Jan 14, 2011 10:29 pm
por tomegouveia
Suponho que dependa da força com que se dá o pontapé, assim como do sítio em que se dá o pontapé. Se for um pontapé ao centro, quer dizer, a um ponto pertencente a um plano que contenha o diametro da bola, quanto maior for a força maior será a variação do momento e, por isso, assumindo que se dá o pontapé de forma a que a partícula da bola em que se acerte aumente a sua velocidade, maior será este aumento de velocidade. Para um aumento muito grande, a partícula saíria do campo gravitacional e, por isso, seguiria seu caminho pelo universo fora. o resto das partículas constituintes da bola, devido ao desaparecimento da outra partícula, estão sujeitos a uma atracção gravitacional menor e, por isso, passarão a descrever elipses em torno do centro da bola, o que levará ao aparecimento de colisões, sem dúvida.

(Tenho a sensação que acabei de dizer um disparate de tal ordem que mais me apetece bater com a cabeça na parede :XD :wall: )