O ataque à cidadela

Neste arquivo iremos colocar os problemas já resolvidos (não são problemas "mortos" porque a discussão pode continuar a qualquer altura!)

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor jap em Terça Dez 30, 2008 12:34 am

Para ajudar, esta é a cidadela e os aposentos do Rei são no centro da cidadela.

Imagem
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor Ângela Guerra em Terça Dez 30, 2008 12:41 am

Provavelmente o canhão emite um certo clarão ao disparar, não é? E assim o rei tem mais 15 segundos, conforme as contas que alguém fez lá atrás (confesso que não confirmei).
Físico - quer saber como tudo funciona. Inventa o que for preciso para investigar novos fenómenos. Parte a cabeça a tentar compreender coisas que ainda ninguém percebeu. Tem grande dificuldade em interessar os amigos (que não são físicos) naquilo que faz.
Avatar do utilizador
Ângela Guerra
charm-Quark!
charm-Quark!
 
Mensagens: 526
Registado: Domingo Maio 11, 2008 8:38 pm
Localização: Cantanhede

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor jap em Terça Dez 30, 2008 12:47 am

É uma possibilidade, se o canhão não estiver camuflado na vegetação que o Rei (ou os seus súbditos) vejam o clarão e alertem de imediato o Rei. :lol:

Mas não era a isso que eu me referia - tem mesmo a ver com a cinemática do problema. Ora revejam a vossa resolução com cuidado... :P
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor hexphreak em Terça Dez 30, 2008 1:59 pm

Por conservação do momento linear, o canhão recua no momento do disparo. Assim, o projéctil é disparado a 250 m/s em relação ao canhão, e a uma velocidade menor relativamente ao rei, que dependerá da sua massa.

Mas parece-me que a solução deve ser outra coisa mais simples... :roll:
Avatar do utilizador
hexphreak
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1959
Registado: Segunda Nov 05, 2007 8:52 pm
Localização: Maia/Porto

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor jap em Terça Dez 30, 2008 2:17 pm

É muito mais simples! :lol:

Dica: existem dois ângulos de lançamento com o mesmo alcance (mas diferente tempo de vôo). Vocês só consideraram um destes ângulos! :lol:

Ora verifiquem! :wink:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor Ângela Guerra em Terça Dez 30, 2008 2:32 pm

Então, o ângulo usado não deve ser 26,565º mas o complementar, 63,435º, que dá um tempo de voo de 45,6s. Descontando o tempo que o som demora, o rei tem 30,6s.
:wall:
Físico - quer saber como tudo funciona. Inventa o que for preciso para investigar novos fenómenos. Parte a cabeça a tentar compreender coisas que ainda ninguém percebeu. Tem grande dificuldade em interessar os amigos (que não são físicos) naquilo que faz.
Avatar do utilizador
Ângela Guerra
charm-Quark!
charm-Quark!
 
Mensagens: 526
Registado: Domingo Maio 11, 2008 8:38 pm
Localização: Cantanhede

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor jap em Terça Dez 30, 2008 2:47 pm

Isso mesmo, Ângela! :hands:

O primeiro ângulo dará uma entrada na cidadela provavelmente muito razante à muralha! :lol:

Concordam? :roll:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor andresal em Terça Dez 30, 2008 4:58 pm

Sim, o projéctil, partindo com o primeiro ângulo, poderia até vir a embater nas muralhas, dependendo da sua altura, nunca chegando sequer a atingir o rei! :lol:

Penso que se conseguissemos estudar a altura do projéctil que partiu com o primeiro ângulo em função da sua distância ao centro da cidadela, e sabendo a altura das muralhas da mesma, conseguiriamos saber se este embate nas muralhas. :?:
André Salvada
Escola Secundária de São João da Talha
Avatar do utilizador
andresal
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 33
Registado: Quarta Dez 17, 2008 10:10 pm
Localização: Santa Iria de Azóia, Loures

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor Ângela Guerra em Terça Dez 30, 2008 5:08 pm

andresal Escreveu:Sim, o projéctil, partindo com o primeiro ângulo, poderia até vir a embater nas muralhas, dependendo da sua altura, nunca chegando sequer a atingir o rei! :lol:

Penso que se conseguissemos estudar a altura do projéctil que partiu com o primeiro ângulo em função da sua distância ao centro da cidadela, e sabendo a altura das muralhas da mesma, conseguiriamos saber se este embate nas muralhas. :?:

Claro que sim. :)
Físico - quer saber como tudo funciona. Inventa o que for preciso para investigar novos fenómenos. Parte a cabeça a tentar compreender coisas que ainda ninguém percebeu. Tem grande dificuldade em interessar os amigos (que não são físicos) naquilo que faz.
Avatar do utilizador
Ângela Guerra
charm-Quark!
charm-Quark!
 
Mensagens: 526
Registado: Domingo Maio 11, 2008 8:38 pm
Localização: Cantanhede

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor RicardoCampos em Terça Dez 30, 2008 5:49 pm

Se souberes exactamente onde é que as muralhas estão.

Lembra-te que a cidadela não é pontual ;)
\emph{Ricardo Campos}\in \delta \bigcap q\overline{q}
O Matemático-Físico de 2008
Avatar do utilizador
RicardoCampos
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1280
Registado: Sexta Jun 01, 2007 3:49 pm
Localização: Figueira da Foz/Coimbra/DMUC/DFUC, Paris... E agora Zurique!

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor pfc em Terça Dez 30, 2008 6:16 pm

Considerei apenas o menor ângulo porque era o que daria menos tempo ao rei. E os atacantes provavelmente escolheriam este!

Sendo x a distância das muralhas ao local do disparo e \alpha o ângulo do disparo, penso que a altura a que passaria o projéctil pelas muralhas seria:

y=\tan(\alpha)x-(7,84\times10^{-5}\,\tan^2(\alpha)+7,84\times10^{-5})x^2

Qual seria um possível valor para a distância das muralhas ao rei e da altura das muralhas?

Na Hospitaller Fortress, tendo em conta que o disparo seria efectuado ao mesmo nível dos aposentos do rei, não parece haver muita muralha para ultrapassar!
última vez editado por pfc s Terça Dez 30, 2008 7:24 pm, editado 1 vez no total
pfc
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 35
Registado: Sexta Out 31, 2008 9:25 pm

Re: O ataque à cidadela

Mensagempor jap em Terça Dez 30, 2008 7:01 pm

Sim, tens razão, e o melhor que o Rei teria a fazer seria jogar pelo seguro! :D Mas, atendendo às fontes históricas que eu consultei para este problema 8) , o ângulo seria provavelmente maior do que 26º, a dar crédito a esta gravura:

Imagem

:lol:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Anterior

Voltar para Problemas resolvidos

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron