Tutorial 1 - Hello world, Python como calculadora e módulos

Secção dedicada à linguagem de programação favorita dos quarkianos: Python!

Tutorial 1 - Hello world, Python como calculadora e módulos

Mensagempor Bruno Oliveira em Quinta Fev 10, 2011 11:01 pm

Tutorial 1 - "Hello world", o Python como calculadora e módulos.

"""
Antes de começar, gostaria de avisar que, apesar de estes tutorials serem um excelente ponto de partida para começar, a certa altura, terão necessidade de saber como se realiza uma determinada operação matemática, ou se existe alguma função que faça o que vocês precisem. Para isso, o meu conselho é que consultem os links aqui disponibilizados pelo prof. Jap, que constituem a documentação oficial do Python e que são constantemente actualizados; as razões para esta recomendação são várias, mas a principal é que aprendem mais se consultarem a documentação por vocês mesmos, em vez de perguntarem a quem já sabe.
"""
Hello world!

O primeiro programa que se faz em qualquer linguagem de programação (diria que é quase uma convenção ) é o programa "Hello world", assim designado porque tudo o que faz, é enviar para a saída padrão (standard output em Inglês), a mensagem Hello world.

Para começar, abram o IDLE, e assim que virem 3 setas ( >>> ), isso significa que o interpretador já está apto a receber comandos que vocês introduzam, pelo que podem escrever:

>>> print "Hello world!"

e pressionar Enter.

Deverá aparecer em letras azuis, o texto Hello world! (Ver imagem em baixo.)
Imagem


Acabaram então de escrever o vosso primeiro programa em Python!!

O que há a destacar neste programa que vos possa ser útil como futuros programadores, é simplesmente a utilidade do statement print, que vos permite enviar valores para a saída padrão.
No entanto, o statement print tem mais algumas funcionalidades úteis, que serão mencionadas a seu tempo.

Como exercício, para treinarem o uso do statement print, enviem para a saída-padrão a frase:

Olá, sou o/a [nome] e estou a aprender Python!!!

Python como uma calculadora

Agora que já vimos um uso possível para o statement print, vamos debruçar-nos sobre alguns aspectos do Python enquanto calculadora.

Ainda não referi aqui, mas, como estamos a trabalhar directamente na Python Shell, não precisamos de utilizar o statement print quando quisermos enviar alguma coisa para a saída-padrão, podemos fazê-lo, apenas escrevendo o que queremos que seja enviado para a saída-padrão, pois isso é feito de forma automática pelo interpretador.

Isto é uma grande vantagem, pois podemos utilizar um sistema de tentativa e erro para aprender o que podemos ou não, fazer.

Como calculadora, o Python é extremamente rápido e faz contas simples sem dificuldade nenhuma:
Imagem


Estas três operações ilustradas acima, soma, subtracção e multiplicação, funcionam no Python, como funcionam numa calculadora de bolso normal e como vocês as sabem.
No entanto, a divisão é diferente!!!

Em quase todas as linguagens de programação, a divisão é efectuada de acordo com o tipo do divisor e do dividendo.

Em que ao dizer aqui tipo, refiro-me a números inteiros ou números decimais. Assim, têm de ter especial cuidado com a divisão, pois ao realizarem a divisão de dois números inteiros cujo resultado seja um número com parte decimal, esse número será “cortado” (arredondado para a parte inteira, por defeito):

Imagem

Como vêem, 9/8, cujo resultado é 1.125, apenas nos é mostrado como 1.

A maneira mais fácil de contornar este problema, é dizer ao Python, que queremos que ele encare um dos números (indiferente ser o divisor ou o dividendo) como sendo um número decimal, para o resultado da conta ser exacto.


Por fim, a última operação que falta mencionar, é a exponenciação de um número (potências).

Em Python, para realizarem a operação a^b, devem usar o operador **, ou seja, se quiseremos calcular 2 ao cubo, em Python escrevemos apenas 2**3. Podem confirmar que obtêm o resultado certo.

Módulos: importação, utilidade e renomeação de funções.

Tudo o que vimos até agora, pode ser feito apenas com as funções nativas do Python, ou seja, não é necessário, recorrer a módulos para usar estas funcionalidades.

Um módulo, é como que uma extensão da linguagem, no sentido em que ao importarem um módulo para o vosso programa, passam a ter ao vosso dispor uma série de funções que de outra forma não vos seriam acessíveis.

Como este é o primeiro tutorial, apenas vou discutir aqui o uso do módulo de matemática do Python. Este módulo, contém várias funções matemáticas que vos podem ajudar na resolução de problemas e que não foram apresentadas acima.

Para importarem um módulo, a sintaxe genérica é:

from [modulo] import * , onde o * significa que querem importar todas as funções do módulo de matemática.

Para finalmente acabar isto, e não entupir o post com mais printscreens, falta referir que:

Se quiserem importar apenas uma única função do módulo podem apenas escrevê-la no lugar do *.

Assim, a instrução:

from math import sqrt, apenas vos deixa utilizar a função sqrt do módulo de matemática (que a propósitio, é a raiz quadrada.)

Se quiserem, renomear uma função especifica, podem fazê-lo usando a keyword as, e o nome que querem dar à vossa função:

from math import sqrt as raizQuadrada

Escrevendo a instrução acima, podem usar o vosso novo nome como se estivessem a usar uma função do módulo de matemática:

Código: Seleccionar Todos
>>> raizQuadrada(9)


dará como resultado 3.0;
última vez editado por Bruno Oliveira s Sexta Fev 11, 2011 12:32 am, editado 1 vez no total
e^{ix}=cos x + i\,sin x
Avatar do utilizador
Bruno Oliveira
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1553
Registado: Quarta Nov 14, 2007 10:19 pm
Localização: Lisboa

Re: Tutorial 2 -Python' s Warehouse

Mensagempor jap em Quinta Fev 10, 2011 11:38 pm

TO BE DONE:

Na sequência do tutorial do Bruno (obrigado! :friends:) , postarei aqui este sábado o tutorial nº 2, "Python's (JAP) Warehouse", uma alegoria do modelo de gestão de objectos no Python no estilo do famoso

Cheese Shop



que vos será (creio) muito útil para perceberem como funciona o Python. :wink:


Estarão certamente curiosos por conhecer o famoso personagem pitónico EOPMM (deve pronunciar-se "iópme" )e o seu serviçal que zelarão pelos vossos programas!

Stay tuned. :wink:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6790
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra


Voltar para Pitónica

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante