QSL

Ideias para experiências de física ou pequenos projectos de física experimental, para realizar em casa ou no laboratório da escola.

Mensagempor FF em Sexta Dez 21, 2007 1:59 am

Aqui fica uma pista - a pergunta é sobre ondas de rádio e relógios, com um cheiro de Alemanha! Onde é que eles se encontram? :o
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

Mensagempor hexphreak em Sexta Dez 21, 2007 11:26 am

Era um daqueles relógios com sincronização por rádio (há um transmissor em Mainflingen, perto de Frankfurt, que transmite até 2000km)? Como o fuso horário da Alemanha está uma hora adiantado em relação ao nosso, lá saltava o Prof. da cama :wink:
Avatar do utilizador
hexphreak
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1959
Registado: Segunda Nov 05, 2007 8:52 pm
Localização: Maia/Porto

Mensagempor FF em Sexta Dez 21, 2007 7:47 pm

Certissimo! Mas como a caixa e as instruções estavam em alemão não percebi. Só esporadicamente é que o sinal de rádio chega a Portugal pelo que a maior parte das noites mantinha a nossa hora. A solução foi cortar o fio da bobine sintonizada do receptor.
É um óptimo despertador com outra particularidade interessante - quando a pilha se aproxima do fim começa a andar ao dobro da velocidade normal. Os alemães detestam chegar atrasados! 8)
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

Mensagempor spmatos_174 em Domingo Dez 30, 2007 4:22 pm

hexphreak Escreveu:O cartão QSL (escrevo sempre SQL...) deve o seu nome ao código que indica I acknowledge receipt, especialmente em estações de rádio amadoras. Podes encontrar mais informações na Wikipedia :)


Thanks...
"A Física é tão linda que até dá uma coisa no coração quando se escreve uma equação física profunda." [Um professor de Física da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa] =)
Avatar do utilizador
spmatos_174
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 91
Registado: Quarta Nov 15, 2006 9:40 pm
Localização: Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa

Mensagempor FF em Segunda Dez 31, 2007 1:15 am

Será que eu devia ter pedido um cartão QSL à DCF77 (Mainflingen, Alemanha) sempre que o relógio se adiantava? Sempre era uma maneira de entreter a tal hora extra.... :D
Feliz Ano Novo!
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

Construa o seu próprio emissor!

Mensagempor FF em Quarta Jan 09, 2008 1:40 am

Já que estamos num tópico de rádio e comunicações, vejam que há radio-amadores que gostam de construir os seus próprios rádios. Este leva o hobby ao extremo - constrói as suas próprias válvulas !
http://dailymotion.alice.it/video/x3wrz ... riode_tech
O video tem 17 minutos, mas vale a pena.
Felizmente que o canivete suiço não era o meu - a tesoura dos Victorinox é uma maravilha, mas duvido que resista a cortar metal... :shock:
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

Mensagempor hexphreak em Quarta Jan 09, 2008 5:32 pm

Que espectáculo :shock: Uma precisão tremenda, devem adorar mesmo aquilo! Só gostava de saber onde foram arranjar aquela oficina :roll: Aquela plotter também era bastante engraçada, o que estava a medir?
Avatar do utilizador
hexphreak
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1959
Registado: Segunda Nov 05, 2007 8:52 pm
Localização: Maia/Porto

Mensagempor manuelmarque em Quarta Jan 09, 2008 6:28 pm

hexphreak Escreveu:Que espectáculo :shock: Uma precisão tremenda, devem adorar mesmo aquilo! Só gostava de saber onde foram arranjar aquela oficina :roll:


Concordo perfeitamente... a precisão de cada movimento, ficou tudo tão perfeitinho! Aquilo são décadas de experiência, de certeza... ;)
Avatar do utilizador
manuelmarque
strange-Quark!
strange-Quark!
 
Mensagens: 979
Registado: Quinta Nov 16, 2006 7:57 pm
Localização: Maia/Porto, Portugal

Mensagempor FF em Quinta Jan 10, 2008 12:26 am

A plotter é um velho traçador analógico XY - a posição da caneta é proporcional à tensão aplicada nos eixos.
A imagem não tem resolução suficiente, mas julgo que no filme se está a medir a variação da corrente de placa versus tensão de placa, mantendo a tensão de grelha constante para cada curva.
O tríodo parece ser muito linear, pois as duas curvas são muito paralelas. Os audiófilos ficariam felizes em poder utilizar estas válvulas nos seus amplificadores. :lol:
Sabem que o amplificador de audio mais caro do mundo , o WAVAC SH 833 , utiliza uma válvula de transmissor semelhante a esta e custa 350 000 dólares ? :shock:
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

Mensagempor hexphreak em Quinta Jan 10, 2008 5:00 pm

FF Escreveu:Sabem que o amplificador de audio mais caro do mundo , o WAVAC SH 833 , utiliza uma válvula de transmissor semelhante a esta e custa 350 000 dólares ? :shock:

Quer dizer que aquele homem é uma ameaça ao capitalismo :lol: Obrigado pela explicação! Realmente parece bastante linear. Já agora, há alguma vantagem das válvulas em relação aos transístores ou é tudo nostalgia? :roll:
Avatar do utilizador
hexphreak
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1959
Registado: Segunda Nov 05, 2007 8:52 pm
Localização: Maia/Porto

Mensagempor jap em Quinta Jan 10, 2008 9:53 pm

hexphreak Escreveu:
(...)
Realmente parece bastante linear. Já agora, há alguma vantagem das válvulas em relação aos transístores ou é tudo nostalgia? :roll:


Oh sim, há mesmo... :D

Lembro-me de duas:
1- A resposta em frequência de uma válvula é bem superior à de um transístor
2- A distorção que pode ocorrer (por saturação, por exemplo) num circuito a válvulas e num a transístores "soa" diferente - a das válvulas é, em geral, mais "agradável".

Claro que também há desvantagens, por exemplo o acoplamento da saída de um circuito a válvulas a um altifalante não pode ser feito de forma directa - as válvulas operam a tensões elevadas - envolvendo tipicamente um transformador que pode degradar de forma significativa a "fidelidade" do estágio de amplificação... :?

Claro que um amplificador a transístores pode ter um desempenho excelente e um amplificador a válvulas um desempenho medíocre, mas se tivessem que fazer um amplificador à mão, com meia dúzia de componentes discretos (há quem faça!), aposto que teriam um amplificador muito melhor com, digamos duas válvulas, do que com dois transístores!

Mas o especialista deste assunto é mesmo o Prof. Fraga...deixo para ele essa discussão. :wink: Espero não ter dito asneiras! :P
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6790
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor FF em Sexta Jan 11, 2008 2:13 am

á agora, há alguma vantagem das válvulas em relação aos transístores ou é tudo nostalgia? Rolling Eyes

Eis uma pergunta perigosa. Na audiofilia há dois clubes rivais - o do estado-sólido (solid state) e o das válvulas (tube ou valve para os ingleses). Temos também de acrescentar os "hibridos", que misturam os dois tipos de dispositivos.
O que realmente é importante é a maneira de utilizar os componentes - o desenho do circuito. O resultado final depende muito do sistema total - algumas colunas de som tocam melhor com amplificadores a válvulas e outras com transistores.
As observações do Prof. Paixão são gerais, mas admitem excepções e dependem do contexto. P.ex. há hoje transistores com respostas em frequência mais elevadas que as válvulas habitualmente utilizadas em audio, e apesar de a saturação dos amplificadores a válvulas ser menos desagradável que a da maioria dos amplifiicadores a transistores, a menos que gostem de ouvir muito alto raramente o amplificador atinge a saturação. E eu tenho um amplificador a válvulas tipo OTL - não tem transformador de saída e liga directamente as válvulas à coluna, assim como há um senhor chamado Nelson Pass que se especilaizou a fazer amplificadores com dois transistores, ainda mais simples que os amplifcadores a válvulas!
Para confundir ainda mais o público há um grande fabricante de amplificadores americano - a McInstosh - que coloca transformadores de saída nos seus amplificadores a transistores para melhorar o som...
PS : Como antes de ler este tópico tinha ido ver o programa da 1ª sessão Quark, estou a escrever ao som do Sketches of Spain do Miles Davis - o preamplificador é a válvulas e o amplificador é de estado sólido (transistores de efeito de campo, com características mais semelhantes às válvulas na entrada e transistores bipolares na saída). Por preguiça é um CD, mas a velha cópia de vinil toca melhor. :roll:
PS2 : Já agora ficam a saber que um dos projectos da cadeira de Projecto e Concepção de Instrumentos do nosso curso de Engenharia Física é construir um testador de válvulas controlado por computador para medir e registar as suas carcterísticas.
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

Mensagempor jap em Sexta Jan 11, 2008 2:21 am

FF Escreveu:(...) apesar de a saturação dos amplificadores a válvulas ser menos desagradável que a da maioria dos amplifiicadores a transistores, a menos que gostem de ouvir muito alto raramente o amplificador atinge a saturação.
(...)

Sem dúvida; lembrei-me, a propósito, que há um nicho de mercado (das válvulas) nos amplificadores para guitarras eléctricas onde a distorção (provocada) é mesmo importante! :lol:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6790
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor hexphreak em Sexta Jan 11, 2008 5:31 pm

Uau, não pensei que fosse uma pergunta de resposta tão complexa. Muito obrigado a ambos pelas explicações :D

Amplificadores de dois transístores parecem ser bastante engenhosos na verdade, está a falar do PLH [PDF]? :roll:
Avatar do utilizador
hexphreak
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1959
Registado: Segunda Nov 05, 2007 8:52 pm
Localização: Maia/Porto

Mensagempor FF em Sábado Jan 12, 2008 10:06 pm

O PLH tem três transistores - eu estava a pensar num ainda mais simples - o Zen .
Na sua versão mais simples tem só um transistor e utiliza uma lâmpada de incandescência como resistência de carga.
As direrentes variantes do circuito estão no sítio da Passlabs
http://www.passdiy.com/amps.htm
Francisco Fraga
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
FF
down-Quark!
down-Quark!
 
Mensagens: 154
Registado: Quinta Set 20, 2007 11:52 pm
Localização: Universidade de Coimbra

AnteriorPróximo

Voltar para Projectos experimentais

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante