Página 1 de 4

Desafio experimental do Quark!

MensagemEnviado: Domingo Dez 02, 2007 11:57 am
por jap
O Quark promove um desafio experimental bi-mensal, atribuindo um prémio à melhor resposta ao desafio. :D

O desafio é uma proposta de realização de uma experiência, demonstração ou dispositivo experimental que deverão ser documentados num vídeo a colocar neste fórum. A experiência ganhadora será ainda apresentada, ao vivo, numa sessão do Quark!

1º Desafio Experimental: data limite 31/12/07.

Construir um motor de Stirling funcional.

Prémio: catálogo do Museu de Física da Universidade de Coimbra.

MensagemEnviado: Domingo Dez 02, 2007 7:44 pm
por MiguelReisOrcinha
não quer alargar o prazo? é que eu queria fazer um motor giro e assim vou ter que fazer um todo ranhoso e ainda por cima feito com latas (sim porque eu para artes manuais :roll: digamos que é um dom que nao possuo :P)

MensagemEnviado: Segunda Dez 17, 2007 11:24 pm
por jap
MiguelReisOrcinha Escreveu:não quer alargar o prazo? é que eu queria fazer um motor giro e assim vou ter que fazer um todo ranhoso e ainda por cima feito com latas (sim porque eu para artes manuais :roll: digamos que é um dom que nao possuo :P)


Prazo alargado até 18 de Janeiro - data da primeira sessão do Quark! :wink:

MensagemEnviado: Terça Dez 18, 2007 12:17 am
por MiguelReisOrcinha
ahhhhh mesmo assim é apertado... até porque quero fazer em alumínio :xD:

2º Desafio expermental do Quark!

MensagemEnviado: Domingo Fev 17, 2008 8:15 pm
por jap
Então aqui vai o segundo desafio experimental do Quark!

Conceber e realizar uma experiência para determinar a velocidade de propagação do som no ar com o seguinte material e equipamento caseiro:

1 - Tubos de cartão (tipo tubos do interior de rolos de papel higiénico, ou de papel de cozinha).
2 - Fita cola e tesoura
3 - Fita métrica

"Fonte sonora", sugerindo eu a seguinte:

4 - Computador com placa de som
5 - Par de colunas amplificadas para computador.

Há um prémio para quem realizar a experiência ao vivo, para a quarkónia, na 2ª sessão Quarkiana do próximo fim de semana.

Have fun!

MensagemEnviado: Domingo Fev 17, 2008 8:44 pm
por sagardipak
Nada de relógios, cronómetro, medidores dessa coisa chamada tempo?

MensagemEnviado: Domingo Fev 17, 2008 9:02 pm
por hexphreak
sagardipak Escreveu:Nada de relógios, cronómetro, medidores dessa coisa chamada tempo?

Talvez seja esse o objectivo, há várias maneiras de obter uma velocidade sem um relógio :roll: Tenho algumas ideias, vou ver se alguma delas é possível com estes materiais.

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 7:56 pm
por hexphreak
Já agora Prof., também podemos usar água? :lol: É que estou com um bocadinho de dificuldade em arranjar os tubos certos...

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 8:51 pm
por jap
hexphreak Escreveu:Já agora Prof., também podemos usar água? :lol: É que estou com um bocadinho de dificuldade em arranjar os tubos certos...


Podem, mas não sei se será muito boa ideia usar água em tubos de cartão! :lol:

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 9:04 pm
por sagardipak
Eheh, tubos ensopados :P

Bolas, só tenho ideias usando o efeito Doppler. Mas para isso nem precisava dos tubos. Era só deixar cair a coluna de uma altura razoável e registar as frequências. (de ouvido ou não :P)

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 9:28 pm
por hexphreak
Tens ouvido absoluto? :shock: O efeito Doppler também foi a minha primeira ideia, mas depois lembrei-me que teria de analisar as frequências com o computador.

Ah, e já não devo precisar da água :D

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 9:31 pm
por sagardipak
Depende dos dias :lol:

Não é preciso ter ouvido absoluto... Um bom ouvido relativo é o que basta :P Uma variação de meio tom na frequência é suficiente para se notar uma boa diferença :wink:

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 9:36 pm
por hexphreak
Ah claro, podes obter a velocidade directamente a partir da diferença de frequências, já que sabes a velocidade do emissor e a frequência transmitida. O problema se calhar era a precisão, mas o ouvido é teu :wink:

MensagemEnviado: Segunda Fev 18, 2008 9:44 pm
por sagardipak
Pois... detalhes :lol:

Só se o intervalo fosse grande o suficiente (uma quinta, digamos) assim \Delta f = 0,5f, o que seria grande comparado com as imprecisões do ouvido.

Mas para aumentos assim da frequência, acho que me arriscava a ficar sem coluna ou sem cabeça :lol:

MensagemEnviado: Quinta Fev 21, 2008 8:23 pm
por hexphreak
Agora que tenho o meu projecto funcional, :D preciso só de saber se temos um gerador de frequências (estou a usar 2kHz) e colunas no anfiteatro :roll: É que não me convém mesmo nada levar colunas, embora não seja um grande problema levar o portátil...