Câmara de infravermelhos

Ideias para experiências de física ou pequenos projectos de física experimental, para realizar em casa ou no laboratório da escola.

Mensagempor RicardoCampos em Quinta Out 18, 2007 10:53 pm

Entao para fazer o filtro basicamente so temos que meter os negativos em frente à camara, certo?

Pronto, também temos de por aquilo preto, mas aparentemente é so para bloquear a luz (vão corrigindo todas as palermices)

Sabendo que tenho acesso a uma maquina digital que nao posso desmontar, o que é que seria então aconselhado a fazer?


Se o pessoal se dedicar ainda um bocadinho a isto, podiam ir postando qualquer coisa para ver os resultados. (Galeria infrared de imagens!)
\emph{Ricardo Campos}\in \delta \bigcap q\overline{q}
O Matemático-Físico de 2008
Avatar do utilizador
RicardoCampos
top-Quark!
top-Quark!
 
Mensagens: 1280
Registado: Sexta Jun 01, 2007 3:49 pm
Localização: Figueira da Foz/Coimbra/DMUC/DFUC, Paris... E agora Zurique!

Mensagempor jap em Quinta Out 18, 2007 10:57 pm

RicardoCampos Escreveu:Entao para fazer o filtro basicamente so temos que meter os negativos em frente à camara, certo?

Pronto, também temos de por aquilo preto, mas aparentemente é so para bloquear a luz (vão corrigindo todas as palermices)

Sabendo que tenho acesso a uma maquina digital que nao posso desmontar, o que é que seria então aconselhado a fazer?


Se o pessoal se dedicar ainda um bocadinho a isto, podiam ir postando qualquer coisa para ver os resultados. (Galeria infrared de imagens!)


SIm, é isso mesmo Ricardo. O melhor filme de película é a de um slide (diapositivo) depois de revelado, mas não exposto. Uma película de fotografia normal também funciona, mas não tão bem.

Fica aberta a sugestão de postar aqui imagens (ou vídeos) com as vossas câmaras IR improvisadas! :P

Fico à espera! :wink:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor pretomix em Sexta Out 19, 2007 6:35 pm

pessoal já tirei o filtro da minha câmara

tinha a lente e um vidro que reflectia vermelho era esse??

foi esse que parti mas também risquei a lente mas incrivelmente não notei diferença

agora estou fazendo o outro filtro mas já fiz experiências as escuras e não deu muito bem

não era suposto ver alguma coisa? já que todos os corpos irradia energia na banda do infa-vermelho pois não vi nada excepto quando acendi o comando jesus é uma lanterna dava pa ver todo o meu quarto ao pormenor mas eu não via nada claro

penso que o facto de não ver nada com o comando desligado é o facto de a câmara ser muito fraca

no pc com a câmara ligada tenho opções como::::

luminosidade, contraste, saturação, nitidez, equilíbrio do branco

capture < frame rate f/sec
< time limit sec


posso mudar alguma coisa para melhorar a sensibilidade ao infra-vermelho???
:?: :?: :?: :?: :?:
Avatar do utilizador
pretomix
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 68
Registado: Quarta Ago 15, 2007 6:12 pm

Mensagempor jap em Sexta Out 19, 2007 6:55 pm

Se a câmara está a ver a luz do telecomando que os teus olhos não vêem, então a tua câmara já mostra uma boa sensibilidade ao infravermelho! :hands:
Agora, dependendo do CCD da tua câmara, é possível (e até provável) que não dê para ver corpos no escuro. É claro que os corpos emitem infravermelhos, porque estão quentes, mas de comprimento de onda demasiado longo para a sensibilidade do teu CCD. A câmara CCD é bem mais sensível ao chamado infravermelho próximo (como aquele que é emitido pelos LEDs do telecomando) do que ao infravermelho longínquo (como aquele que é emitido por um corpo à temperatura de 37º C. É por isso que as câmaras FLIR usam uma tecnologia diferente dos CCDs, usam uma espécie de matriz de termopares muito sensíveis a que se dá o nome de bolómetros.

Mas é claro que há uma maneira de ver os corpos no escuro, usando uma câmara CCD: iluminá-los com luz infravermelha. Usar a luz do telecomando não é muito prático, mas as câmaras da SONY que publicitam visão noturna usam esse mesmo truque: têm à frente um conjunto de LEDS que emitem luz infravermelha para iluminar as cenas noturnas, quase que à moda de um flash. É claro que os humanos não notam que se acende a luz e que estão a ser filmados, mas outros animais (como gatos!) sim! Este tipo de câmara + fonte de luz IR é boa para "espiar" humanos (por exemplo dá para ver os ladrões que entram num apartamento) mas não gatos. :lol:

Com a tua câmara podes ainda assim fazer coisas bem giras. Se lhe colocares o tal filtro de filme, podes filmar, por exemplo a fluorescência da clorofila no infravermelho das folhas das árvores e das plantas, darei um exemplo mais logo.

Quanto aos parâmetros da câmara, terás de experimentar para os optimizar, depende muito de câmara para câmara. Se puderes isolar um canal de cor, é no canal do vermelho que obterás melhores resultados.

Não queres aqui postar um filmezito do tal flash de luz do comando visto pela tua câmara? :roll:
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor pretomix em Sexta Out 19, 2007 7:24 pm

desculpem mas agora vou sair mas prometo postar aqui um filme da camara daqui a uma hora
Avatar do utilizador
pretomix
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 68
Registado: Quarta Ago 15, 2007 6:12 pm

Mensagempor pretomix em Sexta Out 19, 2007 11:34 pm

mhhhh

já está desculpem a qualidade mas fiz com o que tinha à mão

http://www.youtube.com/watch?v=AaJSR4wVeKo

olas não da pa ver aquelas "partes"

lol :D :D :D :D :) :) :o :o :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
Avatar do utilizador
pretomix
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 68
Registado: Quarta Ago 15, 2007 6:12 pm

Mensagempor pretomix em Sábado Out 20, 2007 12:07 am

http://www.youtube.com/watch?v=o3mBKiZQ ... ed&search=

sei que isto não é próprio para postar aqui mas tem piada
e eu já tinha falado nisto

vou ver se arranjo uma câmara como deve ser pa tirar o filtro e ver destas cenas enfim menos próprias :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
Avatar do utilizador
pretomix
bottom-Quark!
bottom-Quark!
 
Mensagens: 68
Registado: Quarta Ago 15, 2007 6:12 pm

Mensagempor jap em Sábado Out 20, 2007 12:08 am

Carlos, o filme que fizeste com a tua câmara está fixe, dá para ver bem o "flash" do telecomando, ainda que a câmara seja de má qualidade. :D
E explicaste-te muito bem, tens jeito para divulgador de ciência!
:P
Amanhã colocarei aqui um filme e algumas fotos da minha câmara, isto se o servidor se aguentar...esperemos que tenha sido apenas um problema passageiro. :?
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor jap em Sábado Out 20, 2007 4:41 pm

Este gráfico mostra a sensibilidade espectral do silício (elemento de base dos sensores CCD), comparando-a com a do olho humano e o espectro solar.

Imagem

Os filtros que estão no interior das câmaras fotográficas e camcorders não deixam passar muita luz acima dos 700 nm e são muito transparentes abaixo deste valor.

Já agora um pequeno exercício: usem a lei de Wien para calcular o máximo da emissão do corpo humano (37º C!) e vejam se um CCD de silício tem sensibilidade para o detectar. :wink:

Já agora, a região espectral do infravermelho é normalmente dividida nas seguintes sub-regiões:

Near infrared (NIR): 700-1000 nm dectores de Si)
Short-wave infrared (SWIR): 1000 -3000 nm (detectores de GaAs)
Mid-wave infrared (MWIR):3000 - 5000 nm(detectores de InSb, HgCdTe e PbSe)
Long-wave infrared (LWIR): 8000 - 14000 nm (detectores de HgCdTe e microbolometros)
última vez editado por jap s Sábado Out 20, 2007 4:52 pm, editado 2 vezes no total
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor MiguelReisOrcinha em Sábado Out 20, 2007 4:50 pm

deu-me 9.348 x 10^-6 m = 9348 nm

parece um bocado grande :?
última vez editado por MiguelReisOrcinha s Sábado Out 20, 2007 4:58 pm, editado 2 vezes no total
Avatar do utilizador
MiguelReisOrcinha
charm-Quark!
charm-Quark!
 
Mensagens: 624
Registado: Sexta Set 07, 2007 7:22 am
Localização: Marinha Grande, Leiria

Mensagempor jap em Sábado Out 20, 2007 4:55 pm

MiguelReisOrcinha Escreveu:deu-me 9.348 x 10^-6 m = 9348 nm

parece um bocado grande :?


É verdade, o máximo da emissão está no chamado infravermelho longínquo (vê o meu post anterior). :D

É por isso que que as câmaras FLIR (Far Looking Infra Red) usam um tipo de detector completamente diferente dos CCDs, os bolómetros.
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor MiguelReisOrcinha em Sábado Out 20, 2007 4:57 pm

wikipedia Escreveu:Bolómetro ou bolômetro é um instrumento utilizado na medição de radiação electromagnética incidente. Foi inventado em 1878 pelo astrónomo estadunidense Samuel Pierpoint Langley.


1878 :shock:
Avatar do utilizador
MiguelReisOrcinha
charm-Quark!
charm-Quark!
 
Mensagens: 624
Registado: Sexta Set 07, 2007 7:22 am
Localização: Marinha Grande, Leiria

Mensagempor MiguelReisOrcinha em Sábado Out 20, 2007 4:59 pm

eu não arrisquei brincar com a minha webcam até porque nem é nada má e não quero estragar o filtro embora o consiga ver claramente... vou ver se compro uma rasca para estragar :D
Avatar do utilizador
MiguelReisOrcinha
charm-Quark!
charm-Quark!
 
Mensagens: 624
Registado: Sexta Set 07, 2007 7:22 am
Localização: Marinha Grande, Leiria

Mensagempor jap em Sábado Out 20, 2007 5:05 pm

MiguelReisOrcinha Escreveu:
wikipedia Escreveu:Bolómetro ou bolômetro é um instrumento utilizado na medição de radiação electromagnética incidente. Foi inventado em 1878 pelo astrónomo estadunidense Samuel Pierpoint Langley.


1878 :shock:

Sim, é para espantar, mas os bolómetros que se usam hoje em dia (termopares feitos de junções semicondutoras com grande poder termoeléctrico) têm muito pouco a ver com os que S. Langley usou em 1878, embora o princípio seja o mesmo: detecção de pequeníssimas variações de temperatura. :D

Ah, e já agora S. Langley, um físico americano, foi o primeiro a propor a noção de efeito de estufa - e fez os cálculos, pois ele era um especialista em radiação solar e ... infravermelhos! :wink:

S. Langley
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

Mensagempor jap em Sábado Out 20, 2007 5:32 pm

E agora uma pergunta para vocês pensarem: :roll:

se as câmaras CCD só detectam o infravermelho próximo e o calor emitido pelos corpos está no infravermelho longínquo, onde os CCDs têm sensibilidade nula, como é que os voyeurs usam camcorders com CCDs para ver através da roupa? :shock:

Explicação, precisa-se! :P
José António Paixão
Departamento de Física da FCTUC
Avatar do utilizador
jap
Site Admin
Site Admin
 
Mensagens: 6805
Registado: Quinta Nov 09, 2006 9:34 pm
Localização: Univ. de Coimbra

AnteriorPróximo

Voltar para Projectos experimentais

Quem está ligado

Utilizadores a navegar neste fórum: Nenhum utilizador registado e 3 visitantes